Resenha (Nacional): Fortaleza Negra de Kel Costa

FORTALEZA NEGRA2

Título original: Fortaleza Negra

Autor: Kel Costa

Série: #1, Fortaleza Negra.

Páginas: 424

Avaliação: 4 estrelas

Skoob: 4,7 estrelas

De uma inóspita região da antiga União Soviética, vampiros, até então considerados criaturas lendárias, surgem inesperadamente e põem fim à Guerra Fria em 1985. Usando seu poder mental extraordinário e sua força sobre-humana, os Mestres da Realeza Vampírica exigem a rendição dos líderes mundiais e se autoproclamam senhores absolutos do planeta.

Anos depois, vivendo num mundo de relativa paz entre humanos e vampiros, Aleksandra Baker, uma garota de 17 anos, se ressente por não ter a mesma liberdade que os jovens do passado. Agora, além de viver sob o jugo dos vampiros, Sasha, como é chamada por todos, está apavorada com uma nova ameaça, a invasão de predadores letais: os mitológicos!

Em 2013, diante dos terríveis ataques de centauros e minotauros, a família Baker não vê outra saída a não ser se mudar para a Rússia e morar entre os muros do único lugar onde é possível viver livre dos seus ataques: a impenetrável Fortaleza Negra, reduto da Realeza Vampírica.

Mas a ideia de se mudar para a Fortaleza não agrada Sasha. Ela não gosta de vampiros e para o seu desespero, Helena, sua melhor amiga, vai ficar para trás, correndo perigo constante. O que a adolescente ruiva não esperava era que os Mestres da Realeza Vampírica fossem tão fascinantes. Principalmente Mestre Mikhail, que parece ter uma implicância gratuita com a garota e sempre a deixa nervosa com seu jeito arrogante e autoritário.

Dividida entre viver uma vida trivial ao lado dos novos colegas de escola ou se envolver num mundo cheio de segredos, jogos de poder, sedução e protocolos da Realeza, Sasha ainda precisará encontrar uma forma de levar Helena para a Rússia e se manter a salvo dos mitológicos que rondam a Fortaleza.

A única esperança são as pesquisas do seu pai, um biólogo que estuda uma forma de extinguir de vez essas criaturas. Para isso ele conta com a ajuda de Blake, um prodígio adolescente, que balançará o coração de Sasha. Mas a jovem talvez já esteja envolvida demais com a obscuridade de Mestre Mikhail…

Opinão:

Esse era um livro que estava na minha mira desde seu lançamento. E quando começaram a sair às resenhas sobre ele, me deixou mais ansiosa ainda! Precisava tê-lo em mãos urgentemente, mas quem disse que o preço abaixava? Aguardei o preço baixar (razoavelmente) na Amazon (que agora virou minha queridinha, junto com a Submarino) e comprei.

A Kel Costa criou um mundo onde vampiros reinam tudo, porém vivem de forma pacífica com os humanos. E de quebra tem seres mitológicos, os Minotauros e Centauros que são os “malvados” da vez, invadindo as cidades e matando os humanos sem dó e piedade, os únicos que eles temem são os vampiros.

A realeza vampírica é formada por cincos Mestres, que são os seres mais antigos do planeta: Klaus, Nikolai, Mikhail, Nadia e Vladimir. Eles construíram a Fortaleza Negral que é o local mais seguro que existe e nesse local só entra os humanos que são importantes/ úteis pra eles de alguma forma.

O livro é narrado em primeira pessoa por Aleksandra Baker, que com 17 anos, junto com sua melhor amiga Helena moram em Jacksonville, e tem uma vida diferente do que conhecemos hoje, como por exemplo, todos tem toque de recolher, porque os minotauros atacam a noite. E devido a esses ataques os pais de Sasha (para os mais íntimos) resolvem se mudar e viver na Fortaleza.

Depois de muito choro e sofrimento (já sabem como são adolescentes neh?!), Sasha se conforma e diz adeus a amiga e embarca para a Rússia. Dentro da Fortaleza conhecem os Mestres e um deles lhe chama atenção! Tchantchantchantchannnn. Mikhail o lindo e tudo de bom é o escolhido da personagem rs (mas é claro que todos os mestres são lindos, mas isso é só um detalhe). Todo enigmático e bruto era ao mesmo tempo protetor de Sasha, Mikhail me conquistou rapidinho.

Sasha é uma adolescente! Deve ser a única explicação para a teimosia e chatice dessa menina! Se metia em confusão a cada minuto dentro daquela Fortaleza. Se alguém pedia pra ela ficar quieta, ela não ficava! Falava pra ela não contar nada a ninguém, ela contava! Essa menina realmente me irritou durante o livro.

Pela capa do livro, achei que seria uma história mais focada nos vampiros e nos mitológicos, mas conforme o desenrolar vi que o foco era o romance entre os dois (pelo menos foi como eu enxerguei). Dando um pouco de explicação no começo e nos seus finais.

Acreditem se quiser, o livro tem 424 páginas, mas acabei lendo em um dia! A autora conseguiu me cativar com a sua escrita, a leitura flui tão bem e viciou completamente. Teve vários momentos que me peguei rindo das cenas, que por mais irritante que a personagem fosse, ela também era engraçada.

“Ou eles estavam extravagantes demais ou
eu me vestia muito mal. De qualquer forma, 
nunca na minha vida imaginei andar com 
dois personagens saídos de um filme do Tim Burton.” Pag. 110
Adorei o livro e recomendo a leitura.

E aguardem que a continuação sairá logo no primeiro semestre de 2015! \o/

 

Obs.: Já tenho livro autografado pela Graciela Mayrink e Roberta Spindler! E queria tanto o autografo da Kel Costa pra ir completando a coleção dos meus autores nacionais queridos!

Anúncios

2 comentários sobre “Resenha (Nacional): Fortaleza Negra de Kel Costa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s